Skip to main content

Garganta Inflamada na Gravidez é Perigoso? Descubra Agora

Saber se garganta inflamada na gravidez é perigoso trata-se de algo importante para as gestantes que desejam manter a sua saúde em dia e não colocar em risco o bem estar do bebê, já que gripes fortes podem ser muito desconfortáveis.

Na gestação, diversos tipos de medicamentos devem ser evitados, pois sua composição muitas vezes traz danos à saúde do feto, então mesmo quando um simples resfriado acomete a gestante, ela precisa passar por um tratamento mais específico.

Com base em nosso post você terá acesso a diversas informações a respeito da dor de garganta na gravidez, onde comentaremos se é uma condição perigosa, então não perca tempo e continue acompanhando o nosso conteúdo.

Anúncios



Garganta inflamada na gravidez é normal?

As dores de garganta são condições muito comuns em todas as fases da vida de um ser humano, havendo inúmeras causas, como mudança climática abrupta, alergias, tempo muito seco, etc.

Estes fatores acabam favorecendo vírus e bactérias, que são os grandes responsáveis pelo mal estar gerado quando estamos com a garganta inflamada, mas vale mencionar que o fato de uma pessoa estar gestante não possui relação direta com a afecção.

Como durante a gestação o sistema imunológico da mulher fique mais fraco, ele acaba ficando mais suscetível a microrganismos patológicos, então ter garganta inflamada na gravidez é normal e pode ser resolvida com alguns cuidados.

Garganta inflamada na gravidez é perigoso?

Embora seja uma condição comum, existem diferentes níveis de dor de garganta, então algumas podem ser mais agressivas do que outras. Quando se trata de mulheres grávidas, normalmente a preocupação acaba sendo maior.

Garganta-inflamada-na-gravidez-é-perigoso
Garganta-inflamada-na-gravidez-é-perigoso

Conforme mencionado, as gestantes possuem uma imunidade mais baixa e por isso a garganta inflamada na gravidez é perigoso em alguns casos mais específicos, devido especialmente a fragilidade do organismo neste momento.

Em casos mais brandos, a dor de garganta não representa perigo algum para a gestante ou para o bebê, pois pode até mesmo ser resolvida mediante a administração de medicações naturais simples.

Existem riscos para o bebê?

Essa é uma das principais dúvidas em relação a este assunto específico, onde podemos dizer que a dor de garganta em si não têm capacidade de afetar o bebê diretamente, mas quando há a presença de gripe, por exemplo, esta pode gerar reflexos para o bebê.

Neste caso, a garganta inflamada na gravidez é perigoso porque pode acontecer a carência de certos tipos de minerais e vitaminas, além de desidratação do bebê em consequência da gripe.

Vale destacar, porém, que nem todos os tipos de dor de garganta acabam indicando alguma doença específica, sendo que na maioria dos casos está relacionada a condições psicológicas, estresse ou até mesmo ao uso excessivo da voz.

Formas de tratamento

Agora que você já conferiu diversos detalhes sobre a questão “garganta inflamada na gravidez é perigoso?”, vamos falar um pouco a respeito do tratamento da dor de garganta, onde inicialmente as opções caseiras devem ser usadas:

  • Fazer gargarejo com sal, vinagre e água morna;
  • Ingerir mais alimentos com vitamina C;
  • Poupar a voz quando possível;
  • Ingerir mais água ao longo do dia para manter-se hidratada;
  • Ingerir chás como de gengibre.

Vale mencionar ainda que há alguns tratamentos caseiros que também devem ser evitados para que não sejam levados problemas ao feto, então em caso de dúvida, não deixe de entrar em contato com seu médico de confiança.

Quando é bom procurar um médico?

Como garganta inflamada na gravidez é perigoso caso haja doenças concomitantes, é importante que a mulher busque por atendimento médico caso tenha sintomas muito incômodos e que não cessaram com facilidade.

Neste caso, é sempre recomendado procurar um médico, já que este é o único profissional capaz de determinar o diagnóstico e o tratamento mais adequado para cada caso, garantindo a saúde da gestante e do bebê.

A febre também pode ser um sintoma comum em caso de garganta inflamada e neste caso também é indicado buscar um médico, já que este sintoma pode indicar a presença de doenças bacterianas que precisam ser tratadas.

Como evitar a garganta inflamada na gravidez?

A garganta inflamada na gravidez é perigoso em certos casos e em outros acaba sendo muito branda e sem consequências para a mãe ou bebê, mas é sempre importante investir na prevenção de ambos quadros com as dicas abaixo:

  • Sempre mantenha uma alimentação equilibrada durante toda a gravidez;
  • Consuma alimentos ricos em vitamina C a fim de fortalecer o sistema imunológico;
  • Beba no mínimo 2 litro de água por dia;
  • Faça atividades físicas moderadas para fortalecer o corpo;
  • Tenha uma boa rotina de descanso, sempre dormindo entre 7 e 8 horas por noite;
  • Evite contato com pessoas que estejam gripadas;
  • Evite frequentar locais fechados e com muitas pessoas;
  • Sempre lave as mãos no momento de se alimentar;
  • Tenha sempre um álcool em gel nas mãos para usar quando frequentar locais públicos como ônibus e metrôs, por exemplo.

Veja também nosso conteúdos sobre o cansaço na gravidez, um sintoma muito comum.

Relacionados

Veja também esse artigo

Continue lendo

Você Permanecerá no mesmo site

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Utilizamos cookies para melhorar a experiência de navegação. Ao continuar, você concorda.