Skip to main content

Acne na Gravidez: 5 Dicas Que Vão te Ajudar Com Esse Problema

Ter acne na gravidez é algo muito comum, já que as constantes alterações hormonais fazem com que a pele fique mais oleosa, o que contribui diretamente para o aparecimento de cravos e espinhas no rosto.

Esse problema muitas vezes atrapalha a autoestima da mulher e gera incômodos, de modo que elas podem recorrer a algumas alternativas que ajudam a minimizar as acnes faciais que surgem em decorrência da gestação.

Através do nosso artigo você poderá conferir algumas excelentes dicas de como manter uma pele mais saudável e livre de oleosidade durante a gravidez, o que contribui para a redução das acnes, então continue nos acompanhando.

Anúncios



Por que a acne surge na gravidez?

A gravidez é um momento muito importante na vida da mulher, sendo que o seu organismo passa por amplas alterações sistêmicas que visam proporcionar um ambiente adequado para que o bebê possa se desenvolver.

Com isso, alguns hormônios como estrogênio, beta-HCG, progesterona e prolactina estão presentes de forma elevada na circulação, sendo que a ação deles pode acarretar em algumas disfunções estéticas, como o melasma e as estrias.

Além disso, há uma alteração em relação à secreção sebácea, que acaba favorecendo o aparecimento de acne na gravidez, que se não tratadas de forma adequada, podem deixar marcas e cicatrizes na pele.

5 dicas para evitar a acne na gravidez 

Evitar totalmente o aparecimento de acne na gravidez é algo um pouco complicado, mas através de algumas dicas simples o problema pode ser reduzido significativamente. Acompanhe nossas 5 dicas a seguir:

  1. Lave o rosto pelo menos duas vezes ao dia com sabonetes específicos;
  2. Conte com produtos que controlem a oleosidade da pele ao longo do dia;
  3. Sempre use um protetor solar adequado, sendo que este pode evitar acnes e manchas;
  4. Use hidratante específico para pele oleosa;
  5. Evite produtos com ácido retinóico, ácido salicílico, antibióticos ou qualquer outro componente desconhecido.

É muito importante comentar aqui que os produtos faciais devem ser escolhidos com cautela, pois alguns deles apresentam componentes que não são recomendados durante a gestação, podendo causar malformações no bebê ou até mesmo aborto.

acne-na-gravidez
acne-na-gravidez

Dicas caseiras para acne na gestação

Além dos produtos para acne na gravidez, você pode optar por contar com opções que são mais naturais, já que estas são livres de compostos tóxicos e podem ser usadas com frequência. Veja algumas alternativas:

  • Suco de cenoura: o suco de cenoura é rico em vitamina A, o que pode auxiliar no momento de controlar a oleosidade da pele. As gestantes podem ingerir um copo por dia;
  • Lavar o rosto com água de arroz: esta é uma dica antiga, onde o ideal é que as gestantes lavem o rosto duas vezes ao dia com água de arroz, já que esta também tende a reduzir a oleosidade da pele;
  • Máscara de arroz com mel: essa máscara pode ser feita antes de dormir e retirada logo após 20 minutos da aplicação, bastando lavar com água. Essa opção ajuda a controlar espinhas e reduzir manchas.

Caso surjam espinhas em excesso em seu rosto, pescoço, ombro, colo ou costas, é recomendado que busque o auxílio de um dermatologista, já que este profissional poderá indicar produtos mais específicos para o seu caso.

A acne pode ser um sintoma de gestação?

Essa é uma dúvida comum que surge entre as mulheres, sendo importante destacar que nem sempre o aparecimento de acne indica diretamente uma gravidez, já que este problema surge a partir de 10 semanas de gestação.

Desse modo, outros sintomas aparecem mais precocemente, como é o caso do atraso na menstruação, dor nas mamas, enjoos, fadiga, cansaço excessivo e intolerância a cheiros mais específicos.

Caso suspeite de uma gravidez, o mais indicado será realizar testes realmente confiáveis e caso este dê positivo, será possível prevenir a acne na gravidez com base nas dicas que demos neste post.

Considerações finais

Aqui você pode conferir que usar um sabonete para acne na gravidez bem como outros tipos de produtos pode ser muito importante para evitar o aparecimento de cravos e espinhas, mas é preciso ter cautela ao escolher estes produtos.

Além disso, é importante destacar aqui a necessidade de realizar todos os exames do pré-natal corretamente e sempre consultar um médico ou dermatologista quando quiser sanar dúvidas a respeito da oleosidade na pele.

Após o parto, a acne tem tendência de reduzir gradualmente, à medida que o corpo e os hormônios da mulher voltam ao normal, mas isso pode levar algumas semanas ou meses, variando de um caso para outro.

Relacionados

Veja também esse artigo

Continue lendo

Você Permanecerá no mesmo site

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Utilizamos cookies para melhorar a experiência de navegação. Ao continuar, você concorda.